Hora local: 15:08
logotipo
Você está aqui: Página inicial

Junta de Avessadas e Rosém apresenta nova heráldica e monografia

2017/09/20

A Junta de Freguesia de Avessadas e Rosém apresentou publicamente, no passado dia 17 de setembro, a sua nova heráldica (Brasão, Bandeira e Selo) decorrente da reorganização administrativa do território.

«A proposta da nova heráldica foi apresentada e aprovada, por unanimidade, em reunião de Assembleia de Freguesia e teve em conta o parecer favorável da Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses, com a respetiva publicação em Diário da República e registo na Direção Geral das Autarquias Locais», referiu Vítor Gonçalo, Vereador e Presidente da Assembleia de Freguesia de Avessadas e Rosém.

Assim, o Brasão passa agora a incluir um escudo de ouro, monte de verde, firmado e movente, carregado de uma faixeta de três tiras ondadas de prata e azul e rematado por penedo de negro realçado de prata; em chefe duas rocas com seus fusos de negro, realçadas de prata, com estrigas e maçarocas de vermelho, passadas em aspa. Coroa mural de prata de três torres aparentes. Listel de prata com a legenda a negro "Avessadas e Rosém".

A Bandeira surge de verde, com cordões e borlas de ouro e verde. Haste e lança douradas.

Segundo Vítor Gonçalo, «a nova heráldica reúne elementos das duas antigas freguesias, sendo que as rocas de fuso representam as atividades económicas de maior expressão na freguesia, nomeadamente a agricultura e a fiação de lã e do linho», acrescentando que «já o monte, o penedo e as burelas ondadas representam o monte do Castelinho, o Penedo do Clamor, o rio Tâmega e os ribeiros de Mouros e de Vilar».

Para além da heráldica, a Junta de Freguesia apresentou a obra "Terras de Avessadas e Rosém - O desenvolvimento económico e social - 1867/ 2017", da autoria de Licínio Soares. «Um trabalho de pesquisa que pretende mostrar às gerações vindouras os caminhos, raízes, espaços, episódios, protagonistas que marcaram as comunidades e trouxeram desenvolvimento ao concelho de Marco de Canaveses, às suas freguesias e às suas populações», disse o autor.

Na sua intervenção, o Presidente da Junta de Freguesia de Avessadas e Rosém, Manuel Sousa realçou que «quis o destino que nestes tempos, em 2017, estivesse eu ao leme da Junta de Freguesia de Avessadas e Rosém, terras do linho e do boi-bravo, com factos e protagonistas que deram muito de si próprios para que aqui houvesse desenvolvimento e se chegasse ao ponto em que nos encontramos atualmente».

Para o Autarca «é nosso dever, como instituição desta freguesia, a preservação do legado histórico que nos precedeu, algo que aqui queremos deixar registado», continuando «esperamos assim, além da construção da memória desta freguesia, fazer homenagem a todos e a todas que deram de si para que estas terras seguissem no progresso, algo que também nós procuramos».

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses felicitou a Junta de Freguesia por «este importante passo para assumir em pleno a sua nova identidade. Esta nova heráldica dignifica o poder local, os cidadãos da freguesia de Avessadas e Rosém e o concelho a que pertencem, a nossa pequena Pátria, Marco de Canaveses».

Relativamente à obra apresentada, Manuel Moreira afirmou que se «trata de um documento para memória futura sobre a história e a evolução das antigas freguesias de Avessadas e Rosém, agora unidas numa única, maior e melhor freguesia», reconhecendo o trabalho de «pesquisa e investigação».

A cerimónia contou ainda com vários testemunhos em representação de instituições relevantes na freguesia, nomeadamente: Filipe Madureira da Assembleia de Freguesia de Avessadas e Rosém; Adão Veríssimo em representação dos antigos Presidentes da Junta de Freguesia; Rui Brandão da Direção da Cercimarco; José Brandão da Associação Terraletras Marcoense; Pe. Alpoim Portugal da Ordem dos Padres Carmelitas Descalços; Pe. Castro, Pároco da Freguesia; João Gonçalves da EPAMAC; António Santos, Historiador e José Mota, Vice-presidente da Câmara Municipal.

Outras notícias