Hora local: 23:31
logotipo
Você está aqui: Página inicial

Monografia "Marco, Uma união cheia de História" foi publicamente apresentada

2017/09/09

"Os homens, como as nações, as vilas como as cidades, gostam de conhecer os que os precederam na vida e lhe deram o ser, os que contribuíram para o seu engrandecimento ou para a sua decadência. Estudar o passado, fazê-lo reviver, senti-lo e estimá-lo, é colher ensinamentos para alicerçar o futuro. Quantos marcoenses de hoje, principalmente, os das modernas gerações, ao ver a sua acolhedora e progressiva [cidade], que parece abrir os braços a quantos a visitam, não pensarão que ela foi sempre assim, tão habituados estão a vê-la como é?"

E assim se lê nas primeiras páginas da monografia "Marco, Uma união cheia de História" apresentada na noite de 8 de setembro, no auditório da Igreja de Santa Maria do Marco, perante uma vasta plateia.

Uma iniciativa da Junta de Freguesia do Marco, que contou com a colaboração da Associação dos Amigos do Concelho de Marco de Canaveses e com o apoio da Câmara Municipal.

A obra é da autoria do arqueólogo Luís Sousa e do historiador Cristiano Cardoso, que aceitaram o desafio de escrever sobre a Freguesia do Marco que, resultante da reorganização administrativa de 2013, uniu as então freguesias de Freixo, Fornos, Rio de Galinhas, São Nicolau e Tuías.

A apresentação contemplou ainda uma tertúlia, moderada por Armando David, que contou com a participação dos autores, de Teresa Soeiro e Jorge Alves, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. e de João Baptista, da Associação dos Amigos do Concelho de Marco de Canaveses.

A monografia apresentada é fruto de três anos de investigação e recolha de informação, tem cerca de 600 páginas e mais de 300 fotografias distribuídas ao longo de oito capítulos que «narram o legado histórico que a freguesia do Marco encerra. Foi por isso que entendemos ser essencial registar historicamente o passado de cada uma das freguesias extintas e elaborar um estudo magnífico do território da atual freguesia do Marco», referiu António Santana.

Para o Presidente da Junta de Freguesia do Marco, «agora que o trabalho se encontra concluído, podemos honrar melhor o nosso passado, criando uma freguesia nova com uma dimensão capaz de olhar o futuro com renovada esperança».

António Santana leu ainda uma longa lista de agradecimentos pois «a história faz-se com pessoas e as pessoas têm nome».

A encerrar, o Presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, Manuel Moreira, felicitou a Junta de Freguesia do Marco pela iniciativa, considerando-a «da maior relevância e uma oportunidade para memória futura, com a história das antigas freguesias, a realidade e as potencialidades da nova freguesia do Marco».

«Este belo livro, contempla uma retrospetiva histórica e de grande alcance temporal sobre a terra e os homens que deram origem à atual freguesia do Marco e, por isso, foi com muito gosto que a Câmara Municipal apoiou esta publicação tão importante para a história da nossa terra e para o seu conhecimento, por parte das gerações vindouras», concluiu o Edil.

Durante o evento, estiveram em mostra 80 quadros, de fotos antigas do Marco, e que puderam ser adquiridas pelo valor de 20 euros cada. A receita reverterá a favor de um fundo de apoio social a criar pela Junta de Freguesia do Marco.

Outras notícias