Hora local: 16:40
logotipo
Você está aqui: Página inicial

Saúde oral no centro de saúde para os marcuenses a partir do 1.º trimestre de 2019

2018/09/19

O Marco de Canaveses, através da Presidente da Câmara Municipal Cristina Vieira foi um dos 65 municípios a assinar, esta terça-feira, no Centro Cultural de Belém (Lisboa), um protocolo de adesão ao projeto “Saúde Oral para Todos”, lançado pelo Governo.

Ao abrigo deste protocolo, o concelho vai passar a dispor de um serviço público de consultas de saúde oral, que deverá entrar em funcionamento primeiro trimestre de 2019 no Centro de Saúde do Marco.

O acordo assinado prevê que o Município financie a aquisição de uma cadeira odontológica, assim como todos os seus acessórios e material necessários, num valor a rondar os 50 mil euros, comprometendo-se a Administração Regional de Saúde do Norte a afetar os recursos técnicos e humanos necessários para a prestação das consultas a todos os utentes do concelho.

Durante a cerimónia de assinatura do protocolo, a Presidente da Câmara Municipal foi uma das intervenientes numa mesa redonda, cujo tema em debate foi precisamente a saúde oral, onde salientou a importância deste serviço para os munícipes: “Com este projeto passamos a responder uma necessidade premente da nossa população. Os dados que existem sobre a saúde oral em Portugal são preocupantes, sobretudo em determinados grupos etários, e temos consciência de que no Marco a situação é semelhante ao resto do país. Por isso não tivemos dúvidas e não hesitamos em aderir ao projeto e avançar com este investimento, que faz parte de uma política de promoção da saúde que este Executivo está a implementar”, disse a autarca.

Na sessão desta terça-feira participaram o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, o bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, Orlando Monteiro da Silva, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas e Kathryn Kell, presidente da World Dental

 

Outras notícias